segunda-feira, 21 de julho de 2014

Série Provence - janelas provençais com relaxamento


"A vida tem sua própria sabedoria.
Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata.
Quem tenta ajudar o broto a sair da semente o destrói. 
Há certas coisas que tem que acontecer de dentro para fora."
Rubens Alves


Pessoas iluminadas como Rubens Alves, quando partem, levam junto com elas um pedacinho do nosso coração.

Aprendi muito com ele e fica aqui minha homenagem, através das janelas provençais - todas elas escondem sonhos e histórias que devem acontecer de dentro para fora.

Junto com um pouco de lavanda, desejo que estas imagens possam fazer a gente respirar mais fundo e relaxar!



Respire fundo e simplesmente observe...


Procure soltar o ar até o fim...


Sorria...


Descontraia a testa e a face...


Respire fundo outra vez...


Observe sua pulsação...


E agora só observe...


Uma pausa para relaxar...


Sonhar...


E agradecer....


Respire fundo outra vez...


E repita: Eu entrego...


Eu confio...


Eu aceito...


Eu agradeço...


Tenham um bom dia!

Série Provence - maços de lavanda


Interessante andar pela Provence e encontrar vários campos onde a poda está sendo feita e entender algumas coisas importantes a respeito.


A Lavanda é uma planta de arbusto muito bonita, que dá flores e cresce mais a cada ano.
Quando não usadas para obter o óleo essencial, um pé de lavanda dá de 7 a 8 maços de flores, que são secas e usadas para cozinhar ou para fazer sachês perfumados. 


Podar e colher lavanda da maneira correta garante longevidade para a planta, que pode continuar a produzir flores por décadas, se você tiver sorte.


Veja o passo 1 e os seguintes para aprender o jeito certo de podar e colher lavanda.


Pode e colha quando as flores desabrocharem. 

Podar e colher lavanda basicamente são a mesma coisa: você está removendo os cachos de flores da planta. 
Isso faz com que a raiz cresça mais, mantém a planta bonita e te dá de 1 a 8 maços de flores frescas. 


A lavanda deve ser cortada quando a flor tiver acabado de abrir na primavera. 
Esse é o momento que elas estão mais cheirosas e bonitas.
  • Observe a lavanda no começo da primavera para que possa saber a hora que as flores abriram.
  • Se você aparar a lavanda no início da primavera a planta terá tempo de produzir mais flores para uma segunda colheita.

Junte toda lavanda em um maço.
 Use suas mãos para juntar galhos suficientes para caber na sua mão.
 Isso é um maço de lavanda.
 Os galhos são bem duros, então você pode juntar de todos os lados da planta sem precisar se preocupar se vão quebrar.
  • A lavanda com apenas um ano de idade produz apenas um ou dois maços de flores.
  • Os pés de lavanda atingem a maturidade no terceiro ano, quando chegam a produzir de 8 a 10 maços de lavanda.

Corte a lavanda poucos centímetros acima do tronco do arbusto.
 Se você observar o arbusto de lavanda, você vai ver que ele está enraizado no chão com um caule de madeira e dele saem os galhos verdes. 
Cortar o caule de madeira machuca a planta. 
Dê bastante folga cortando os galhos a uns 5 cm do caule de madeira.
  • A melhor ferramenta para podar lavanda é o serrote de poda. Ele é curvo como uma foice e tem lâmina com serra. Se você não tem um desses, uma tesoura de jardinagem resolve.
  • Quando estiver usando o serrote de poda, enganche ao redor do cacho de lavanda e puxe em sua direção, cortando o caule.
  • Continue cortando a lavanda até todos os caules terem sido cortados e o arbusto continuar com sua forma.
  • Corte depois que o orvalho tenha secado, mas antes do calor do sol secar muito os óleos essenciais (você precisa deles para emanar aromas em sua casa).

Faça a poda da lavanda na ordem que floresceram. 
A primeira colheita será no início do ciclo de flora.
 Conforme as plantas continuarem produzindo durante a estação, corte quando necessário.
 Regiões onde tem uma variedade de lavanda menor, elas florescem em grupos e devem ser colhidas na ordem que foram brotando para estimular que deem flores novamente. 


De forma geral, a lavanda se comporta como qualquer outra flor, quando as flores são colhidas cedo, pela base da flor, uma nova flor nasce, lhe dando mais de uma colheita por ano.

  • As novas flores devem estar prontas para serem colhidas entre 2 semanas e um mês. Quando demorar mais (aproximadamente 1 mês), faça a última colheita.

Retire as folhas mortas.
 Corte todo galho que estiver morto, bem como qualquer galho enroscado. 
Você estará quase sempre podando para colher, mas as vezes é necessário podar no final da época de colheita.
 Não corte no caule de madeira.

Fonte de pesquisa: http://pt.wikihow.com/

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Parábola do semeador - Associação Eurípedes Barsanulfo


Andar entre as plantações de lavanda é também  pura meditação..desta vez me fez lembrar da "parábola do semeador", estas ricas palavras deixadas para nós pelo grande Mestre Jesus.


E Ele falou: o semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho e as aves vieram e a comeram. Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. Outra parte caiu no meio dos espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça! 


Este é o tema que estamos trabalhando na Associação Pedagógica Eurípedes Barsanulfo, com as crianças e também com seus pais, e  coincidentemente, achei no blog da Tina Bau um trabalho similar, que vale à pena conferir.

A seguir imagens do trabalho de semeaduras e colheitas feita na nossa Associação Pedagógica.


"O propósito da educação é o florescimento da bondade do ser humano. Se o solo do coração não for adequadamente cultivado, como poderá a bondade nele germinar e florir?"




quinta-feira, 17 de julho de 2014

Série Provence - girassóis


Depois das lavandas, o que me fascina na Provence são os campos de girassóis.


Me pergunto, o que são os campos infinitos de girassóis gigantes? 


Fiz nossa guia parar o carro porque eu precisava chegar perto daquelas flores que são, depois das lavandas, as minhas preferidas.


Olhando tudo aquilo lembrei de Van Gogh...aliás, agora entendo porque o mestre era conhecido como o pintor dos girassóis.


Andar na artística e histórica região provençal é ir ao encontro de cidadezinhas medievais, montanhas, campos de trigo, olivas, cerejeiras, amendoeiras, lavandas e girassóis.



quarta-feira, 16 de julho de 2014

Série Provence - colheita da lavanda


A viagem deste ano foi simplesmente maravilhosa, pois as lavandas estão no seu auge de óleo essencial.

Robustas, altas e muito perfumadas.


Por causa disto, este ano a lavanda será colhida antes do tempo normal, devido às mudanças climáticas.

A colheita que sempre começa no primeiro dia de agosto, foi antecipada para a próxima segunda-feira, dia 21 de julho, pois desta forma obterão um óleo essencial mais rico em ésteres (calmante), principal propriedade desta planta.


Por isso, se alguém estiver por lá, aproveite ainda esta semana para usufruir deste ouro lilás.
A seguir uma série de imagens deste pedaço do Universo que fica perto do céu!


Até amanhã...bjs