quarta-feira, 22 de outubro de 2014

CamomilaRosaAlecrim e Claudiaroma


CamomilaRosaAlecrim e Claudiaroma, uma amizade que se transformou num verdadeiro jardim!

Jardim de boas sementes, de terra cultivada e muita cumplicidade...



Logo no início do blog Claudiaroma, maio de 2010, CamomilaRosaAlecrim foi um dos primeiros blogs que comecei a seguir.

Aprendia muito, me identificava com várias postagens e o contato lentamente foi acontecendo.

Nunca sabia quem era Camomila, quem era Rosa e quem era Alecrim.


Com o tempo, acompanhando as postagens maravilhosas, fui conhecendo estas duas irmãs lindas, Rosana e Keila e uma  mãe maravilhosa, Alfazema!


Nestes anos, sempre senti que podia contar com elas, um receber sem pretensão, ter ajuda de coração.

Lindo!

E nesta caminhada estava nascendo meu livro "A lavanda como caminho..."


E eu não achava uma forma de fazê-lo nascer, não conhecia o caminho!

Lembrei então da Alecrim, que já tinha lançado seu livro Cores de Outono e estava prestes a lançar seu segundo, Sombras da primavera.

E pensei, será que elas podem  me ajudar? 


E elas mais uma vez, com todo carinho e amor me auxiliaram nesta minha realização, me orientando e dando sugestões preciosas.

Como chegar nas editoras, numa Bienal, numa amizade!

Tudo para ficar sempre no coração...


E ontem quando cheguei em casa, correio...delícia!

E quando abro a caixa, fico encantada!

É tudo muito lindo e especial, mas é o TEMPO dedicado para a gente que mais toca o coração!


Detalhes cheios de afeto, não tem preço!


E nestes momentos lembro desta frase, que gosto muito:

"Quando a gente pensa que chegou, descobre que é preciso ir além.
Uma estrada termina, outra começa.
O surpreendente nesta viagem é que nenhuma experiência se perde, tudo nos é acrescentado."


Surpresas desta estrada chamada VIDA...

Uma amizade rica, um livro, um novo caminho!


E amanhã, dia 23 de outubro, 20 horas, quem estiver em Campinas, não percam a oportunidade de ir ao lançamento de Sombras da Primavera - no Shopping Iguatemi , Livraria Saraiva!


Estou feliz em poder olhar esta imagem acima e dizer: obrigada CamomilaRosaAlecrim!


Para finalizar, um trecho de A Lavanda como Caminho, página 29:

"Ninguém separa ninguém.
Somos todos um, e se estamos ao lado um do outro é para nos tornarmos seres humanos melhores e mais evoluídos.
Confiar, respirar fundo, pedir ajuda ao outro, dia após dia..."



segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Tudo passa!


Fim de semana perto do mar, respirando este ar que transforma e energiza!

Foras dias de muito vento e chuva, tempo nublado, teto baixo, como se diz por aqui!

Mas como tudo passa, e passa mesmo, lá vem ele outra vez, o SOL, com sua luz e sua vida.


"Resista mais um pouco, mesmo que a angústia lateje e que sua coragem esteja cochilando.

Resista mais um minuto e será fácil resistir aos demais.

Tudo nessa vida tem um propósito...a dor que aflige, também passa...
O silêncio que entristece, leva à meditação que felicita.

Aromas de plantas como a lavanda, alecrim e tomilho, todas da mesma família (labiadas), ajudam neste processo de resistência."
(A lavanda como caminho)

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Aromas do mar


Ahhh o mar...tão especial e com tantos ensinamentos!
Gosto muito de observar e sentir os aromas que o mar nos oferece...


Eles são revitalizantes, energizantes!


Através da respiração consciente, podemos realizar grandes desintoxicações, a nível físico e emocional.


Inspire, respire e não pire!


No livro "A lavanda como caminho" se encontram vários textos sobre a respiração consciente.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Respiração que cura


Respire mais fundo sempre que puder, lembrando que toda vez que você expira, elimina o cansaço e o estresse.
A respiração nos deixa mais leves, menos estressados. 
Respire fundo várias vezes ao dia, em qualquer lugar.
É de graça, é simples, é vital.


Quando respiramos de forma diferente, pensamos de modo diferente.
Dê boas vindas para a natureza.
A natureza nos ajuda a sair do transe da rotina e reconhecer o milagre de estar vivo e desperto.


A natureza nos presenteia com seus aromas, para que possamos caminhar de uma forma mais tranquila e feliz.

Precisamos fazer a nossa parte, aceitar este presente!


"A relação está dada.
Entre o indivíduo e o verde há um vasto espectro de canteiros a serem cultivados."
(Bons Fluidos fev 2014)


Disponível nas Livrarias Saraiva, Blulivro, Fnac, Cultura, Livrarias Catarinense , Livraria Curitiba e na internet.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Mestre dos Mestres


"Aprendi com o Mestre dos Mestres que a arte de pensar é o tesouro dos sábios.
Aprendi um pouco mais a pensar antes de reagir, a expor - e não me impor - minha idéias e a entender que cada pessoa é um ser único no palco da existência.
Aprendi com o Mestre do Amor que a vida sem amor é um livro sem letras, uma primavera sem flores, uma pintura sem cores.
Aprendi que o amor acalma a emoção, tranquiliza o pensamento, incendeia a motivação, rompe obstáculos intrasnponíveis e faz da vida uma agradável aventura, sem tédio, angústia ou solidão.
Por tudo isso Jesus Cristo se tornou, para mim, um Mestre inesquecível."
(Augusto Cury)




Parabéns para todos professores e educadores pelo seu dia!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Oktoberfest e seu café

(Cláudia, Roberta, Carmen e Cynthia)

Mês de outubro e lá vamos nós para viver e sentir todas as delícias que a Oktoberfest traz para Blumenau.  
Como tudo na vida, nem sempre são só delícias, mas podemos optar por aquilo que nos faz bem.

(Cláudia, Carmen e Fausto)

Gosto de participar, junto com minha família, do tradicional café que acontece no Centro Cultural Vinte e Cinco de Julho, onde meu irmão Fausto e sua família, se envolvem com muito carinho na organização.



Uma tarde animada, onde as roupas típicas alemãs podem ser admiradas...
Bom demais poder observar  os detalhes dos trabalhos manuais, como os bordados e os adereços, tão fortes na origem alemã.

(Eduardo e Andressa)

É um encontro de várias gerações, onde se percebe o respeito e admiração entre todas as idades.


Os chapéus, com vários bótons e penachos, são o orgulho dos cavalheiros.


E para recepcionar todos os convidados, a música  anima a todos...


O que mais gosto nesta tarde do café é poder observar os pequenos detalhes, que se tornam grandes revelações de cada pessoa.

Por exemplo, a descontração de calçar a bota para combinar com o traje típico do lenhador e se sentir à vontade.


Poder admirar o capricho dos detalhes da roupa do lenhador, e lembrar que isto realmente existiu  e fazia toda a diferença.

(Carmen, Eduardo e Andressa)

Observar a alegria do encontro de madrinha e afilhado, em pleno dia das crianças...mas o tempo passa!!!


Escutar da Oma Winigrid, lições de vitalidade e sabedoria, nos seus 90 anos.

(Susan e seu namorado)

Encontrar a amiga depois de muito tempo, conhecer seu namorado e poder fotografar detalhes lindos de sua roupa, pois o que é belo precisa ser compartilhado, Susan!


Esta flor do pingente e que também está no lenço, chama-se edelweiss e é o símbolo das festas alemãs.

Existem muitas lendas relacionadas à flor, e uma delas, originária da Áustria, diz ser uma prova de amor -  quando o rapaz sobe os Alpes para buscar a linda flor para a sua amada, pois é um percurso muito perigoso e somente com muito amor para se arriscar dessa maneira.

Foi usada para título de uma canção no filme A Noviça Rebelde como símbolo patriótico contra a ocupação nazista.

A edelweiss é uma flor protegida por lei.


Amo ficar observando a riqueza dos detalhes  e a seguir vou postar vários deles.








(Roberta e Carmen)

E vai chegando a hora do tradicional café, quando o cheiro fica maravilhoso e vão surgindo as delícias que lembram a casa de nossos avós.

Momento especial, quando o olfato toca o nosso coração.


Tudo caseiro, feito por mãos habilidosas e carinhosas.


Quem é de origem alemã ou austríaca identifica cada prato e lembra do sabor.


Os primeiros que se servem voltam com os pratos cheios e a gente pensa (olha só, quanto)...

Só que quando a gente termina de se servir, olha para o prato e começa a se desculpar, tipo...não tem como resistir!


Café na mesa, pratos cheios e uma expressão de felicidade...

Coisas simples e carinhosas que fazem a diferença num domingo de tarde.


Os encontros, os aromas, a música...não precisamos muito mais!


Músicas alemãs e músicos vindo da Alemanha especialmente para deixar a festa ainda mais tradicional.


E lentamente a energia da música vai tomando conta de todos os presentes!


Vi novamente a alegria das pessoas dançando, para se divertir, movimentar o corpo e ou a alma.


E para finalizar, mais algumas fotos do oktober kaffee!





Até mais!!!! bjs


A lavanda como caminho - disponível aqui em Blumenau na Blulivro e na Livraria Catarinense.
Também nas Livrarias Saraiva, Cultura e Fnac e pela internet.